Call of Duty anuncia novo anti-cheat chamado de “RICOCHET”

Activision anunciou nesta quarta-feira, 13, o lançamento do novo anti cheat para Call of Duty Warzone e Cold War chamado de RICOCHET. Hackers e trapaceiros acabaram se tornando um grande problema nos games em todas as plataformas, portanto a desenvolvedora apresenta está iniciativa como uma resposta aos pedidos dos fãs. A empresa ainda promete, que com este novo anti cheat em ação, os jogadores poderão ter uma experiência agradável e justa no game. Por fim, o recurso também será disponibilizado em Vanguard, sendo que deve chegar ao lado da atualização para o Warzone chamada de Pacific, ainda este ano.

Call of Duty "RICOCHET"
Imagem: Divulgação

Confira abaixo todas as melhorias que o novo anti cheat promete introduzir:

  • Sistema completo anti-trapaça. O RICOCHET Anti-Cheat traz melhorias amplas à segurança de Call of Duty, e também traz aprimoramentos para os servidores de Call of Duty: Vanguard Call of Duty: Warzone. Saindo primeiro para Warzone neste ano vem o driver de nível kernel para PC. O driver será integrado a Call of Duty: Vanguard posteriormente. Essa iniciativa possibilita iterações rápidas no combate de um problemas sofisticado e dinâmico.
  • Call of Duty: Warzone ganha driver de nível kernel. Drivers de nível kernel tem acesso privilegiado para monitorar e gerenciar softwares e aplicações no PC, tal qual o driver de sua placa de vídeo. O componente do RICOCHET no driver verifica o software e aplicações que tentarem interagir ou manipular Call of Duty: Warzone, dando mais dados à equipe de segurança por onde poderão melhorar a segurança do jogo. Uma vez disponibilizado, o driver será necessário para jogar Warzone.
  • Protegendo a privacidade. Em seu lançamento inicial em Call of Duty: Warzone, o driver de nível kernel apenas funcionará ao jogar no PC. Ele não fica sempre ativo, e sua inicialização e fechamento estão diretamente ligados ao uso de Call of Duty: Warzone. Além disso, o driver só é capaz de se monitorar e reportar informações diretamente associadas a Call of Duty.
  • Feedback e transparência são essenciais. Continue avisando sobre problemas no jogo, permitindo que o time de RICOCHET Anti-Cheat adapte suas ferramentas para combater os trapaceiros.

Sobre Call of Duty: Black Ops Cold War 

Call of Duty: Black Ops Cold War é a sequência direta do Black Ops original, e mistura os elementos da cultura pop da década de 80 com uma história original de conspiração, onde mentiras e subterfúgios são a regra na campanha single-player. Nele, os jogadores irão encontrar figuras históricas e descobrir verdades difíceis enquanto batalham pelo mundo em locais icônicos como Berlim Leste, Turquia, Vietnã, Moscou Soviética, entre outros.

Os jogadores assumem o papel de agentes de elite em uma tentativa de impedir uma conspiração que está sendo formada há décadas, ao mesmo tempo em que seguem o rastro de uma figura misteriosa, Perseus, que está em uma missão para desestabilizar o equilíbrio de poder global e mudar o curso da história.

No entanto, além do modo campanha, Call of Duty: Black Ops Cold War traz um modo multiplayer com suporte para cross-play entre gerações, e progressão compartilhada em todos os modos. Detalhes sobre o modo multiplayer estão disponíveis aqui.

O título foi lançado no dia 13 de novembro de 2020, com versões para PlayStation 4PlayStation 5Xbox OneXbox Series X|S e PC, via Battle.net.

Leandro Paiva

Um estudante de jornalismo e o primeiro estagiário do site. Degustador nato de coxinha e pizza fria com ketchup. Amante de RPG, principalmente aqueles em que é possível pescar em vez de fazer a missão principal. Piadista em tempo integral e um grande degustador de café. Defensor de Birds of Prey e da DC em geral nas horas vagas.