Sonic Colors: Ultimate | Review

Sonic Colors: Ultimate é uma versão aprimorada do game originalmente lançado em 2010 para Nintedo Wii. A Blind Squirrel Entertainment, desenvolvedora também responsável pela remasterização de Mass Effect: Legendary Edition, prometeu um visual impressionante, com direito a melhorias na iluminação e na jogabilidade, suporte a 4K e 60 FPS, trilha sonora remixada e um novo modo de jogo.

Ao se criar um enorme hype, natural em torno do mascote da SEGA, o game será lançado nesta terça, 7 de setembro, para PC, via Epic Games Store, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch. Será que todas essas melhorias tornam Sonic Colors: Ultimate um jogo obrigatório para os fãs do mascote mais rápido do mundo? Venha conferir agora mesmo comigo em mais uma análise antecipada do Pizza Fria!

Bem vindos ao parque de diversões!

Sonic Colors: Ultimate é um jogo de plataforma que possui um enredo bem simples, mas com uma boa dose de humor envolvendo personagens como Cubot e Orbot, que são capangas robôs do Dr. Eggman, as invenções malucas de Tails e o temperamento sarcástico do nosso protagonista veloz.

Para demonstrar arrependimento pelos seus atos, o excêntrico cientista, Dr. Eggman, resolveu construir um enorme parque de diversões interestelar, repleto de brinquedos coloridos de tirar o fôlego. Porém, a intenção do maléfico vilão era na verdade, mais uma vez, encontrar uma forma de derrotar Sonic para que finalmente ele pudesse dominar todo o mundo.

Sonic Colors: Ultimate
As cutscenes de Sonic Coloers: Ultimate contam com uma boa dose de sarcasmo e humor. (Imagem: Reprodução)

Dr. Eggman então, se aproveita do imenso poder de uma raça alienígena chamada Wisps, e faz deles fonte de poder da sua nova arma controladora de mentes. Assim, mais uma vez, cabe aos heróis Sonic e Tails, dar um fim à bagunça do terrível tirano.

Apresentando as novidades da versão Ultimate

Sem dúvidas, em um primeiro momento, os detalhes que mais chamaram minha atenção foram a beleza e os detalhes gráficos, a velocidade e a iluminação. Os cenários são extremamente bem coloridos, lindos e criativos, as fases no geral são rápidas, cheias de loops e adrenalina, na maioria das vezes, a câmera se alterna entre os modos de exploração em 3D e o side scrolling, famoso modo de exploração lateral dos jogos de plataforma.

O jogo flui extremamente bem no Xbox Series S onde apesar de toda a velocidade e detalhes nos cenários, não ocorre queda de quadros por segundo, o que fica evidente o cuidado dos desenvolvedores em trazer para as gerações atuais a remasterização de um grande clássico do Nintendo Wii.

Sonic Colors: Ultimate
Infelizmente, as cutscenes não receberam um tratamento tão bom quanto o game. (Imagem: Reprodução)

Porém, como nem tudo é perfeito, preciso destacar duas coisas que me deixaram bem decepcionado. A primeira delas foi baixa resolução das cutscenes que parecem ter sido portadas sem nenhum tratamento do jogo original, deixando as divertidas cenas com uma resolução muito baixa nas televisões modernas e a segunda, foi a falta de legendas em português do Brasil.

Sonic Colors: Ultimate conta também com o inédito modo Rival Rush, onde Sonic deve competir em uma corrida contra seu famoso rival robô, Metal Sonic. Essa foi outra adição bastante feliz ao game, mas que poderia ter sido melhor aproveitada. Elas são liberadas após a coleta de uma certa quantia de anéis vermelhos em cada mundo e infelizmente, apenas 6 dessas corridas estão disponíveis em todo o jogo.

Sonic Colors: Ultimate
O modo Rival Rush foi uma excelente adição ao game, mas certamente, poderia ter sido melhor aproveitado. (Imagem: Reprodução)

Outra novidade, muito bem vinda, foi a possibilidade de personalização do personagem. É possível agora coletar park tokens espalhados entre as fases e gastá-los comprando luvas, sapatos, auras e efeitos de boost. Na verdade, não são nada que faça diferença na jogabilidade, mas que acaba sendo um plus, para jogadores que querem se desafiar e completar totalmente o game ou até mesmo aqueles que curtem personalizar seus personagens.

O audiovisual de Sonic Colors: Ultimate

Como já dito logo acima, o game está lindo, rápido, colorido e praticamente perfeito. Tirando as cutscenes que não receberam tratamento, vemos um belíssimo e diversificado trabalho visual nas fases, que sem sombra de dúvidas, estão dentre as mais criativas de toda a franquia.

Além de Tropical Resort, que é um parque de diversões no espaço, temos cenários como Starlight Carnival que é um mundo todo colorido em pleno espaço sideral, Sweet Mountain, que é um planeta construído de doces, salgados e refrigerantes, Planet Wisp que é um planeta com selvas robotizadas, Aquarium Park que é um mundo subaquático e Asteroid Coaster com suas explosões de lava verde, jatos de gases e montanhas russas excêntricas.

Sonic Colors: Ultimate
Starlight Carnival é linda e lembra muitas vezes as empolgantes pistas da Rainbow Road. (Imagem; Reprodução)

Como já é de praxe, a trilha sonora dos jogos da franquia são excelentes e a versão Ultimate mescla entre remixes e as músicas originais, apresentando melhorias e tentando agradar a todos os públicos. Porém, o que deixa a desejar é a falta de opção de escolha do jogador, que pode ter preferência em uma das versões e não pode escolher qual escutar enquanto joga.

O poder dos Wisps

Os Wisps são os principais diferenciais de Sonic Colors: Ultimate em relação aos outros jogos do mascote azul da SEGA e cada um dos 9 diferentes tipos, confere a Sonic um tipo de habilidade.

  • Os Wisps brancos, são os mais comuns, são muito amigáveis e diferente dos outros, não tem poder de se transformar, ao invés disso, eles conferem ainda mais velocidade ao Sonic.
  • Os Wisps Azuis claro são muito rápidos e permitem que Sonic tome forma de um laser que pode ricochetar em prismas e viajar na velocidade da luz.
  • Os Wisps rosa fazem com que nosso herói se transforme em uma bola espinhosa rosa que pode ser mover facilmente em todas as direções quando estiver agarrado a uma parede.
  • Wisps verde dão a Sonic o poder de voar e alcançar lugares até então, inalcançáveis.
  • Wisps laranja transformam nosso ouriço em um foguete, lançando-o para o alto no formato de um foguete laranja.
  • Os Wisps azuis escuro fazem com que Sonic se torne um cubo azul gigante que causa uma grande explosão no cenário.
  • Wisps amarelos nos transformam em uma broca que pode cavar o subsolo passar em grande velocidade pelos ambientes aquáticos.
  • Os Wisps roxos são criaturas violentas e nos converte em uma espécie de cachorro selvagem que sai mordendo tudo o que tem pela frente.
  • Por fim, uma novidade da versão Ultimate é o Wisp jade que faz com que nosso herói possa atravessar facilmente através de paredes e que possa levitar como um fantasma.
Sonic Colors: Ultimate
Esse cubo com olhos amarelos, é o efeito que o Wisp azul causa no Sonic. Ele converte os anéis azuis em blocos, além de causar uma grande explosão. (Imagem: Reprodução)

De um modo geral, os Wisps são usados de forma inteligente e servirão como ampliadores de velocidade ou meios para exploração e descoberta de ambientes secretos.

Vale a pena comprar Sonic Colors: Ultimate?

Sonic Colors: Ultimate possui algumas excelentes melhorias em relação ao jogo original, porém, ainda assim é um remaster e se você não estiver tão ansioso para curtir as frenéticas fases desse parque de diversões, eu recomendaria esperar uma promoção, pois o game está sendo vendido a preço cheio.

Porém, se for um fã ansioso da SEGA, assim como eu, Sonic Colors: Ultimate valerá cada centavo investido. A Blind Squirrel Entertainment fez uma aventura que já era ótima, ficar ainda melhor. O jogo cumpre o que propõe e apesar de pecar na falta de legendas em português e nas poucas novidades, é uma aventura incrível, com cenas realmente divertidas e cheias de humor, cenários muito bem estruturados e até então, sem nenhum bug aparente.

Sonic Colors: Ultimate está sendo vendido por R$ 199,50 na Epic Games Store e na PlayStation Store, R$ 199,95 na Xbox Live e por R$ 199,90 na loja online da Nintendo. No Metacritic, o game teve 72 pontos na versão avaliada.

*Review elaborada no Xbox Series S, com código fornecido pela SEGA.

Sonic Colors: Ultimate

8

História

7.0/10

Jogabilidade

8.0/10

Gráficos e Sons

9.0/10

Extras

8.0/10

Prós

  • Cenários coloridos com gráficos aprimorados.
  • O game roda muito bem e consegue manter a velocidade sem queda de quadros.

Contras

  • Falta de legendas em português.
  • As cutscenes com baixa qualidade.
  • O novo e divertido modo Rival Rush deveria ter sido melhor aproveitado.

Filipe "Bdama" Villela

    Aficionado por jogos desde cedo, de Bomberman, Zelda, Sonic ou Mário, indo dos clássicos das gerações passadas, até os indies e mais variados AAA atuais. Viciado em desafios, colecionador de platinas e consoles antigos, para mim não importa a plataforma ou gráficos de um jogo, sou movido pela emoção da aventura de conhecer e desbravar novos mundos, uma viagem única que apenas cartuchos e cd's podem nos levar. Embarque comigo nesse mundo de possibilidades infinitas e venha descobrir novos mundos e maneiras de se aventurar!