6 profissões para trabalhar com games

As oportunidades profissionais para trabalhar com games estão em alta e não são restritas apenas à área de tecnologia

6 profissões para trabalhar com games
Imagem: iStock

Os brasileiros já somam mais de 75 milhões de jogadores eletrônicos. Os gamers são responsáveis por colocar o país na 13ª posição entre os principais mercados de jogos no mundo todo e movimentar mais de 1 bilhão de dólares por ano, de acordo com dados da consultoria Newzoo – líder do mercado em dados de jogos virtuais.

Este crescimento fez com que novas oportunidades dentro do mercado de trabalho fossem criadas, dando mais visibilidade para algumas profissões relacionadas com este universo.

Muita gente nem imagina, mas um grande número de vagas, salários competitivos e ascensão profissional faz parte do mercado de trabalho na área de jogos no Brasil. Tudo isso associado a uma certa estabilidade, já que o setor se mantém aquecido mesmo em períodos de crise. Portanto, se você tem interesse neste meio e está se preparando para a faculdade, lembre-se de colocar as profissões listadas no SISU, principal sistema para ingressar em universidades públicas no Brasil.

Assim, confira abaixo 6 profissões para trabalhar com games:

Design gráfico

Responsável pela identidade visual dos jogos, criando cenários e personagens atraentes e facilitando a jogabilidade dos usuários. No curso, o profissional será formado para se preocupar com a forma, as características funcionais, a estética e a estrutura de um produto.

Engenharia de software

O engenheiro de software trabalhará com o desenvolvimento e a programação online dos games. O profissional atualiza os jogos para novos modelos e adapta para diferentes plataformas, identificando problemas e oportunidades, validando novas tecnologias e projetando aplicativos.

Tecnologia da Informação

O profissional de TI pode trabalhar na estrutura do produto e coordenando as equipes. Também é um dos responsáveis pela criação, planejamento e otimização dos jogos. O curso tem duração média de dois anos.

Marketing

Esse curso forma profissionais capazes de detectar e aproveitar as oportunidades do segmento no mercado, traçando e executando estratégias para melhorar a imagem de um produto ou uma marca. No ambiente dos jogos, o profissional deve lidar com o público-alvo e atrair jogadores novos.

Ciência da computação

O curso forma profissionais qualificados para desenvolver programas e sistemas de informática, passando desde o planejamento do projeto até o gerenciamento do software.

Jornalismo

Com o aumento do interesse pelos e-sports, grandes emissoras e portais esportivos passaram a transmitir competições do meio. As coberturas de torneios e programas sobre games eletrônicos aumentam cada vez mais; assim, os jornalistas que têm afinidade com o assunto podem se destacar na área.

Pizza Fria

    Perfil criado para postagens de textos colaborativos. Quer aparecer no Pizza Fria? Entre em contato conosco!