Rise of the Third Power ganha data de lançamento

A DANGEN Entertainment e a Stegosoft Games anunciaram nesta quinta-feira, 13, a data de lançamento de Rise of the Third Power, um jogo que promete ser uma carta de amor aos clássicos RPGs de 16 bits, para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One e PC, via Steam, no dia 10 de fevereiro. Confira o trailer!

Anunciado em 2017, Rise of the Third Power é um retorno à era dos RPGs do SNES, mas conveniências modernas e combinando aspectos do design japonês e ocidental. Os jogadores controlarão um grupo de até oito personagens únicos ao longo do jogo, cada um com sua própria história de fundo, ambições e personalidades, enquanto embarcam em uma missão suicida para evitar uma guerra e derrubar o imperador Arkadiano.

O sistema de batalha de Rise of the Third Power apresenta uma ênfase no uso de habilidades, eliminando a necessidade de um ataque básico. Cada habilidade deve ser empregada com frequência e taticamente. Os jogadores podem trocar os membros do grupo, ver a ordem das ações na parte superior da tela e fazer uso das habilidades da equipe, incentivando-os a usar combinações inteligentes de personagens para explorar as fraquezas dos inimigos e encontrar maneiras eficientes de atravessar as batalhas.

Além disso, cada peça de equipamento encontrada, comprada ou roubada é uma atualização permanente e única para cada personagem. Em vez de comprar substitutos, o jogador compra ou faz atualizações, evitando o tédio do gerenciamento de inventário, ao mesmo tempo em que dá ao completista algo útil para caçar.

Por fim, os desenvolvedores garantem que Rise of the Third Power apresenta uma emocionante história linear, com um vasto mundo para os jogadores explorarem e descobrirem missões opcionais relacionados à história. É possível salvar livremente a qualquer momento durante o jogo, no entanto, existem pontos de salvamento automático e avisos antes de eventos importantes. Retornando também estão várias opções de dificuldade, incluindo a configuração “História”, que permite aos jogadores o uso de uma função de matar automaticamente todos os inimigos para progredir rapidamente nas batalhas, se assim o desejarem.

Lucas Soares

Jornalista e fã de videogames desde criança. Já teve Mega Drive, Game Boy Color, PS1, PS2, PS3, PS4, PSVR, PS Vita, Nintendo 3DS e agora tem "só" um PS5 e um PC Gamer. Para ele, o melhor jogo da história é Chrono Trigger, mas Metal Gear Solid 3, Final Fantasy X, The Last of Us Part II e Red Dead Redemption 2 completam o Top-5.